Carregando Notícia
Curiosidades

Olho de peixe: saiba como tirar e quando pode ser perigoso

Saiba agora o que realmente é o olho de peixe e quais são os tratamentos

Você alguma vez já ouviu falar em olho de peixe? Caracterizada por uma pequena verruga áspera, a doença de pele costuma surgir geralmente nos calcanhares ou então na parte dianteira da sola dos pés, isso faz com que seja muito confundida com um calo. Embora isso seja algo bem comum de acontecer, o olho de peixe, hoje em dia gera bastante dúvidas e também causa bastante incômodo para as pessoas.

O que é olho de peixe?

O famoso olho de peixe é simplesmente a designação mais popular para uma verruga vulgar, que é uma lesão benigna decorrente de uma contaminação causada por um vírus do grupo HPV, o papilomavírus humano, que pode entrar pelo nosso corpo através de pequenos cortes ou rachaduras, surgindo assim o chamado olho de peixe no pé. Ainda assim, vale ressaltar aqui que, essa lesão também pode aparecer em qualquer parte do corpo.

Olho de peixe: descubra as características e os possíveis sintomas

– Aparece como bolinhas ou placas na pele com um tamanho pequeno a médio e na cor da pele ou amareladas;
– É super sensível, causa dor ao caminhar ou quando fica em pé, quando a lesão ocorre nas solas;
– Surge como pontos escuros nas lesões, o que leva ao termo “olho de peixe”.

Como remover o olho de peixe: veja os tratamentos mais indicados para esse tipo de lesão

Saiba que essas verrugas podem desaparecer com o tempo, geralmente em alguns meses ou então pode persistir por anos. Assim que você perceber um olho de peixe na sua pele, o ideal é que você procure um dermatologista para receber o tratamento mais necessário para o seu caso.

É possível prevenir o olho de peixe?

Quando se referimos aos diversos cuidados para evitar que surja o olho de peixe, tem vacinas existentes contra o HPV, que são também são super indicadas para prevenção da infecção genital, são uma das melhores ou melhor opções para se combater os subtipos do vírus que causam essas verrugas na pele. Essa medida, inclusive, auxilia bastante no tratamento do olho de peixe, podendo ser indicada por um profissional até mesmo para os casos mais sérios.

Para manter todos os cuidados sempre em dia, também é recomendado usar até hidratantes com ativos poderosos para prevenir o olho de peixe, como por exemplo, ácido hialurônico e o ácido salicílico, que os dois juntos são um forte aliados para uma renovação celular e também a hidratação profunda da pele.