Carregando Notícia
TV e Famosos

Travessia: Brisa vai à justiça pedir guarda de Tonho, faz DNA, descobre que Ari é o pai, mas ela ‘não’ é a mãe

Brisa não aceita a possibilidade de ficar sem o filho

Brisa vai a tribunal para reclamar a guarda de Tonho, mas fica a saber que Ari é o pai e não pode ser considerada mãe do rapaz, nos capítulos seguintes de Travessia, a atual novela das nove que está sendo transmitida na Globo.

Brisa não aceita a possibilidade de ficar sem o filho. Mesmo sabendo que Ari já está em outra, a bailarina busca justiça para obter a posse do menino, mas se mete em um grande problema ao perceber que não pode ser considerada a verdadeira mãe do menino.

Brisa não sabe que ela nasceu com uma doença genética rara chamada quimera. Apenas cerca de 40 casos foram relatados em todo o mundo. O quimerismo é uma condição em que um indivíduo, neste caso de Brisa, possui diferentes sequências de DNA em seu corpo, resultantes da fusão de dois óvulos durante a formação do embrião.

Basicamente, é quando uma pessoa tem seu próprio DNA, mas o DNA de seu gêmeo ainda não nascido. Tudo começa com Nubia alegando que traiu Ari com outra pessoa. Atualmente, os dois já estão discutindo sobre a guarda do menino.

Para responder às falsas alegações de sua ex-sogra, a mulher solicita um teste de DNA. Para surpresa de todos, Ari é o pai do menino, mas Brisa não é a mãe. O personagem principal está completamente exasperado com a situação porque não consegue acreditar que seja verdade. Brisa tem certeza de que Guerra esteve envolvido na apresentação do resultado do teste dessa maneira.

Com isso, o vídeo falso de Brisa volta a tomar proporções reais, mas Danto acredita na jovem e começa a buscar uma resposta científica para o caso de Brisa, mas até encontrá-la perdeu a guarda de Tonho.

Escrita por Glória Perez e dirigida pelo diretor de arte Mauro Mendonça Filho, a novela conta a história da Brisa. A personagem de Lucy Alves vê sua vida virada de cabeça para baixo quando se torna vítima de um deep fake.

Brisa (Mariah Yohana/Lucy Alves) e Ari (João Bravo/Chay Suede) cresceram juntos às margens do Rio Lençóis, no interior do Maranhão. A protagonista é uma jovem que cresceu órfã e ganhou forças com essa ausência dos pais para se tornar uma mulher determinada e trabalhadora.