Carregando Notícia
Curiosidades

Você gosta de carne moída? Depois de ver isso, pensará duas vezes antes de comprar o alimento novamente

A carne moída é uma presença constante na mesa dos brasileiros.

Não faz muito anos atrás, a famosa rede de fast food McDonald’s se viu em verdadeiros maus lençóis quando foi revelado ao público que seus gostosos hambúrgueres eram fabricados com carne moída de centenas de vacas diferentes.

Infelizmente, essa prática também não é exclusiva dos restaurantes fast food. Muitas dessas redes de supermercados também utilizam grandes distribuidores de carnes, onde apenas meio quilo de carne pode ter vindo de mais de cerca de mil vacas diferentes.

Os supermercados usam “grandes distribuidores, onde meio quilo de carne moída pode conter a carne de até mil animais diferentes, por isso é impossível definir a origem dela,” disse Terry Ragasa, do renomado açougue norte-americano Sutter Meats, ao HuffPost.

“Eles dizem ‘carne fresca’, mas a prática habitual nos mercados é oferecer uma porção ‘fresca’ de algo que já foi previamente moído. A maioria dos lugares tem grandes sacos cheios de carne previamente moída. Os funcionários a moem novamente e marcam como ‘fresca,’” explicou Ragasa.

O grande problema nessa prática toda é grande incapacidade de se rastrear a origem exata da carne que é vendida ao consumidor. Na indústria alimentícia, saber qual é a origem dos alimentos é extremamente importante para se conter os diversos surtos de infecções e também de outras doenças devido a contaminações.

Quando um supermercado simplesmente compra de um distribuidor um grande saco cheio de carne moída, é praticamente impossível realmente descobrir qual é a origem exata dessa carne. Além disso, é muito comum também que os funcionários de um supermercado costumam mear outra vez a carne recebida, piorando ainda muito mais as coisas.

A atual recomendação dos diversos especialistas é sempre procurar um bom açougue que trabalhe com animais inteiros, fazendo sempre os cortes das carnes no próprio estabelecimento onde se compra. Nesses locais, o consumidor então poderá escolher o corte e também pedir para moer na hora. Dessa maneira, o estabelecimento e também o consumidor sabem exatamente de onde aquela carne realmente veio.

Outra dica muito importante é moer a carne em sua própria casa. Existem hoje em dia diversos modelos de moedores residenciais que estão disponíveis no mercado. Essa é realmente a única forma de saber com exatidão qual é a origem da carne que estamos comendo no nosso dia a dia e assim, evitar qualquer problema como citamos acima nesse artigo.